Segue-nos

Famosos

Carolina Patrocínio fala sobre a “polémica” maquilhagem no dia do nascimento da filha

“Gostava de esclarecer que não estava de todo maquilhada profissionalmente, como seria de esperar caso tivesse saído directamente de uma gravação para o hospital”

Publicado

em

Carolina Patrocínio / instagram

Foi em entrevista à apresentadora Júlia Pinheiro, para o seu site Julia.pt que Carolina Patrocínio esclareceu o porquê de estar maquilhada e com ‘adereços'(expressão sua), no dia do nascimento da terceira filha, que também se chama Carolina.

A apresentadora explica que teve um parto espontâneo, e que deu entrada na maternidade “sem pré-aviso”.

Questionada sobre a polémica que se gerou em torno das fotos que publicou, Carolina explica que não estava maquilhada profissionalmente, mas poderia estar, já que trabalhou até ao dia do nascimento da bebé:

“Gostava de esclarecer que não estava de todo maquilhada profissionalmente, como seria de esperar caso tivesse saído directamente de uma gravação para o hospital, um cenário plausível de acontecer uma vez que trabalhei até ao dia do parto.”

Carolina(s)

Uma publicação partilhada por Carolina Patrocínio (@carolinapatrocinio) a

Carolina Patrocínio revela ainda que estava “como costuma estar num dia normal”, porque se tratou de uma situação espontânea e, por isso, foi para a maternidade sem qualquer preparação prévia, vestida e maquilhada como está sempre num dia comum:

“Acontece que entrei em trabalho de parto espontâneo, o que quer dizer que dei entrada na maternidade sem pré-aviso ou preparação. Ou seja, tive o bebé exactamente como estava nesse mesmo dia: com a roupa, os adereços e os cuidados de beleza que tenho no meu dia a dia.”

Amanhã na @carasportugal 🖤 . Ph: @ruivalido Produção: @goncalomello

Uma publicação partilhada por Carolina Patrocínio (@carolinapatrocinio) a

Carolina conta ainda que sempre se viu com uma família numerosa, mas que apesar de não ser algo planeado, ela e o marido Gonçalo Uva, sempre se imaginaram com mais do que um filho:  

“Nunca imaginei a minha vida sem filhos. Sou a segunda de seis irmãs e cresci rodeada de muitos primos, por isso a vontade de criar e de gerar a minha própria família sempre esteve presente (…) Não foi algo que tivéssemos descoberto ou decidido juntos, mas que foi acontecendo de forma natural. Tanto o Gonçalo como eu somos muito ligados aos valores da família, o que nos levou a nunca ponderar ter apenas um único filho. “

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING