Segue-nos

Famosos

Carolina Dieckmann está de luto

Actriz brasileira vive fase muito triste: “Vou morrer um pouco todos os dias”

Publicado

em

Carolina Dieckmann / Instagram

Carolina Dieckmann vive uma das fases mais difíceis e tristes da sua vida. A atriz brasileira revelou na sua conta de Instagram que a mãe, Maíra Dieckmann, morreu.

Apesar de não ter revelado a causa da morte, a artista fez saber que a progenitora estava a dormir na altura em que perdeu a vida.

Desde logo, Carolina recebeu o apoio de muitos amigos neste momento tão delicado.

Entretanto, a actriz usou o seu Instagram para deixar uma mensagem emotiva à mãe.

“Mãe. Sim, essa palavra que nunca mais eu vou dizer, porque hoje morreu meu colo. Porque nada mais de mal, ou de grave, podia acontecer comigo, porque o meu colo não está mais aqui. (…) Ainda não sabemos do que morreu, mas morreu a dormir. E desde que sou pequena que a vejo a ‘marcar’ o seu encontro com a morte exatamente dessa forma: se ela vier, que seja assim. Mãe, a morte obedeceu-te direitinho. Acho que é porque merecias. Mas o que eu acho mesmo é que foi muito cedo. Mãe, eu estou devastada. Essa é a palavra que mais explica o que eu estou sentir. O meu coração está a queimar de dor, tipo a Amazónia, tipo o fim de tudo. Mãe, quem vai ser meu colo? Não digo amanhã, depois… mas hoje? Mãe, hoje eu vou tentar ser colo para os meus irmãos. Eu prometo. E para a tua mãe também. Mãe, a partir de hoje, eu vou morrer um pouco todos os dias, de saudade. Te amo. Mãe… eu ainda não acredito.”

View this post on Instagram

mãe. sim, essa palavra q nunca mais eu vou dizer; porque hoje morreu meu colo. porque nada mais de mal, ou de grave, poderia acontecer comigo, porque meu colo não está mais aqui. minha mãe passou a vida dando colo: pra qualquer um e pra todos. a pessoa mais generosa q eu conheci. a pessoa mais doce. a q me treinou desde cedo a não brigar. a escolher o bem. a tentar sempre compreender o caminho, as escolhas e o lugar do outro. os limites do outro. a deixar ir. o amor liberta. sempre. ela me ensinou um bocado de coisas lindas. e me ensinou sendo, o q faz toda diferença. ainda não sabemos do q ela morreu, mas morreu dormindo. e desde q sou pequena vejo ela “marcar” seu encontro com a morte exatamente desse jeito: se ela vier, q seja assim. mãe, a morte te obedeceu direitinho. acho q é porque vc merecia. mas o q eu acho mesmo é q foi muito cedo. mãe , eu to devastada. essa é a palavra q mais explica o q eu tô sentindo. meu coração ta queimando de dor, tipo a amazônia, tipo o fim de tudo. mãe, quem vai ser meu colo? não digo amanhã, depois… mas hoje? mãe, hoje eu vou tentar ser colo pros meus irmãos. eu prometo. e pra sua mãe também. mãe, a partir de hoje, eu vou morrer um pouco todo dia; de saudade. te amo. mãe… eu ainda não acredito.

A post shared by carolina dieckmann ????️➕ (@loracarola) on

.

Sou jornalista desde sempre, diria. Comecei na rádio, no tempo em que ‘explodiram’ as rádios locais. Mais tarde, o ‘bichinho’ do jornalismo regressou e eu voltei, desta vez para as revistas. Trabalhei 11 anos na Media Capital, na revista Lux. Gosto de artistas: actores, actrizes, cantores, gente da televisão… E gosto de escrever sobre eles, de conhecer o seu outro lado. Sou jornalista de formação, tenho a Carteira de Jornalista desde 1993 e isto é o que faço e farei. Para o resto da vida. Provavelmente.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING