Segue-nos

Famosos

Carolina Deslandes fala sobre a depressão: “Respeitem as feridas dos outros porra”

Foi através da sua página de Instagram que a cantora deixou um longo texto de incentivo…

Publicado

em

Carolina Deslandes/ Instagram

Esta quinta-feira, 23 de maio, Carolina Deslandes recorreu às redes sociais para fazer uma partilha, em jeito de desabafo.

Na sua página de Instagram, a cantora publicou uma fotografia onde a depressão e a ansiedade são descritas “como o inferno” e começou por escrever na legenda:

“Falar de tristeza incomoda muita gente. Assusta, é chato, não é apelativo nem dá vontade de ficar. Toda a gente é “tua mana” quando apareces com bom ar (…) mas quando estás na merda (…) contam-se pelos dedos de uma mão as pessoas que vão dedicar o seu tempo a tirar-te do buraco mais fundo”.

A cantora referiu depois que a depressão é um assunto que “ninguém quer falar” frisando:

“E depois vêm os julgadores apontar o dedo e dizer «mas que razões é que tu tens para estar depressivo? Tens tudo na vida» como se a depressão fosse uma escolha…”, escreveu.

Sobre a forma como, hoje em dia, o assunto é tratado pelas pessoas, Carolina deixou um apelo:

“Respeitem as feridas dos outros porra. Respeitem as suas batalhas, dêem-lhes água em vez de ficarem a apontar para o deserto a gritarem que ele é interminável. A internet constrói vidas de mentira, e constrói a ilusão de que cada um pode dizer o que quer”.

Sobre a liberdade de expressão ligada a este problema, a mãe de Guilherme, Santiago e Benjamim frisou:

“(…) Magoar o outro gratuitamente não é uma expressão de liberdade, é só a constatação de que tu és prisioneiro de ti próprio. Do teu ego, das tuas merdas, da tua necessidade de denegrir o outro.”

No final e depois de salientar que falar de depressão é “urgente” porque as pessoas têm de poder procurar ajuda sem serem “alvo de chacota”, Carolina terminou:

“É urgente que as pessoas sintam que a vida delas INTERESSA. É urgente voltarmos a lembrar-nos de que somos pessoas de carne e osso e que a vida pode ser muito f*dida. Vamos falar de EMPATIA. E vamos falar de COMPAIXÃO. Se estás a ler isto, tu importas para alguém. Tu importas. ❤️“.

Lê abaixo o texto na íntegra:

Tenho 21 anos e sou formada em Comunicação. Apaixonada pelos media, acabei o curso e comecei a escrever aqui logo de seguida... Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING