Segue-nos

O Triângulo

Carolina Aranda desabafa com Inácia Nunes: “Considero-me heterossexual… ou então sou simplesmente livre”

Numa conversa sobre “rótulos”, Inácia Nunes partilhou a sua teoria: “Acho que toda a gente é bissexual…”

Publicado

em

Carolina Aranda desabafa com Inácia Nunes: “Considero-me heterossexual… ou então sou simplesmente livre”
O Triângulo/Instagram

Durante o jantar com Inácia Nunes, na noite de terça-feira, 16 de maio, Carolina Aranda ‘abriu o coração’ e, numa longa conversa, assumiu sentir-se atraída pela amiga com quem tem protagonizado vários momentos cúmplices ao longo da estadia no ‘Triângulo’.

Leia também: Em jantar, Carolina Aranda confessa atração por Inácia Nunes: “É uma coisa que não se explica…”

As revelações não ficaram por aqui e as duas concorrentes também conversaram sobre os “rótulos” impostos pela sociedade no que à orientação sexual diz respeito: “Continuo a considerar-me heterossexual – estou a usar um termo que se calhar não me assenta assim tão bem, mas eu acho que sou. Ou então sou simplesmente livre, porque isto de metermos rótulos e caixinhas em tudo também nos limita e depois faz com que não achemos normal este tipo de situações“, afirmou Carolina.

Se eu não sinto essa vontade, como é que eu me posso considerar outra coisa se não aquilo que eu acho que sou. Eu estou a dizer aquilo que acho que é a minha verdade, estou a dizer acho pelo facto de, sim, podem haver exceções, no entanto eu sinto que é uma exceção e que acho que isso pode acontecer a qualquer pessoa no mundo“, acrescentou a concorrente de Évora, ao passo que Inácia Nunes partilhou a sua teoria: “Na mesma continuo a achar aquilo que acho, que gostamos de pessoas. Para já eu tenho uma teoria que acho que toda a gente é bissexual. Gostas de pessoas, não sabes qual é a pessoa que te vai aparecer na vida, se é do mesmo sexo ou de outro sexo“.

A conversa sobre “rótulos” não terminou, visto que Carolina comentou: “Eu preferia que não houvessem realmente essas caixinhas, para as pessoas não se sentirem obrigadas a pertencerem a uma“. Inácia concordou e referiu: “Não deveria haver rótulos, mas como há tens que o ter. É um pouco injusto, mas é o que é“.

Veja os vídeos aquiaqui.

Licenciado em Comunicação e Media e Mestre em Jornalismo e Comunicação, escrevo sobre televisão, reality shows, famosos e entretenimento...

COMENTÁRIOS

TRENDING