Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Carlos Cruz pede novo julgamento: “Que finalmente seja reposta a verdade…”

PUBLICIDADE

Condenado por participar em rede de pedofilia, Carlos Cruz pede uma nova revisão da sua sentença no processo Casa Pia…

Publicado

em

Por

Reproduções | Redes sociais

Carlos Cruz, condenado a seis anos de prisão por fazer parte da rede de pedofilia da Casa Pia, pede novamente justiça.

PUBLICIDADE

No final do ano passado, foi confirmado à Lusa que o ex-apresentador de televisão pediu uma revisão da sua sentença no processo Casa Pia. Este pedido vem no seguimento de uma decisão do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) que, em Junho de 2018, deu razão a Carlos Cruz por este ter contestado a recusa do Tribunal da Relação de Lisboa, em admitir novas provas da defesa em fase de recurso.

A revista TV7 dias conseguiu acesso ao documento entregue ao Supremo Tribunal, escrito pelos advogados de Carlos Cruz – António Serra Lopes e Ricardo Sá Fernandes.

“Gravíssimos equívocos e falsidades com que até hoje nem a justiça, nem a sociedade portuguesa se quiseram confrontar. (…) Porém, neste recurso, os signatários vão cingir-se àquilo que, à luz dos direitos que temos, deve determinar a revisão da sentença proferida sobre Carlos Cruz, com a consequente realização de um novo julgamento”, é possível ler-se.

No documento consta ainda que o ex-apresentador não conhecia nenhuma das alegadas vítimas nem nenhum dos coarguidos do processo Casa Pia. Os advogados exigem agora que voltem a ser ouvidos o ex-motorista da Casa Pia e alegado angariador de jovens, Carlos Silvino, e uma alegada vitima de dois crimes, Luís Marques.

PUBLICIDADE

À mesma fonte, Carlos Cruz apenas declarou: “Aguardo que o tribunal se pronuncie e que finalmente seja reposta a verdade”.

Carlos Cruz foi condenado em 2010 e saiu em liberdade em Julho de 2016. O pedido de novo julgamento foi entregue no tribunal de primeira instância e a decisão deve demorar alguns meses.

COMENTÁRIOS

TRENDING