Segue-nos
PUBLICIDADE

Big Brother

Cansada, Angélica, do “Big Brother”, faz desabafo sobre racismo e xenofobia: “Já Chega!”

PUBLICIDADE

Angélica Del Mar deixou um longo texto nas redes sociais e mostrou algumas das mensagens que tem recebido…

Publicado

em

Angélica Del Mar/Instagram

Angélica Del Mar, ex-concorrente do “Big Brother 2020”, recorreu esta terça-feira, 14 de julho, à sua conta de Instagram para fazer um desabafo.

PUBLICIDADE

A ex-participante, natural da Venezuela, partilhou alguns dos muitos comentários xenófobos e racistas que tem vindo a ler sobre si e começou por escrever:

“JÁ CHEGA! Partilho com vocês algumas mensagens de racismo e xenofobia nas redes sociais. Estes são apenas alguns dos “menos ofensivos”. Sinceramente, lamento ler comentários preconceituosos e discriminatórios, alimentados pela ignorância”.

De seguida, Angélica acabou por dar “resposta” a todas as mensagens que tem recebido:

“Não sou “gallega”, sou venezuelana. Eu tenho sangue preto e branco e indígena. Sim, sou mestiça, sou latina, sou “criolla” (…). Sou uma mulher de desafios e meu lugar é onde EU quero estar, jamais onde algumas pessoas pensam que “eu devo estar”. Sou imigrante e agora vivo em Portugal, assim como Venezuela recebeu os portugueses de braços abertos há alguns anos”, esclareceu.

PUBLICIDADE

A ex- concorrente mostrou-se depois orgulhosa do sítio onde nasceu, da família que tem e ainda do seu povo “apesar da difícil situação que estamos enfrentando”, considerou.

No final da mensagem, Angélica lamentou que haja portugueses com “falta de educação” e sublinhou que, ainda assim, regra geral, o povo português “é amável, afetivo e muito querido para os estrangeiros”:

“OBRIGADA aos portugueses que me recebem de braços abertos e que são tão queridos para mim❤ obrigada pelas oportunidades que me oferecem… estou mesmo grata”, terminou.

View this post on Instagram

JÁ CHEGA! Partilho com vocês algumas mensagens de racismo e xenofobia nas redes sociais. Estes são apenas alguns dos "menos ofensivos". Sinceramente, lamento ler comentários preconceituosos e discriminatórios, alimentados pela ignorância. Lamento saber que um grupinho faz piadas sobre a situação infeliz na Venezuela… Explicação: Não sou "gallega", sou venezuelana. Eu tenho sangue preto e branco e indígena. Sim, sou mestiça, sou latina, sou "criolla". Na minha cara, levo orgulhosamente algumos trazos indígenas, heredadas de meus ancestrais. Allem disso, sou GALLETTINO, herdado de meu avô italiano. Sou uma mulher de desafios e meu lugar é onde EU quero estar, jamais onde algumas pessoas pensam que "eu devo estar". Sou imigrante e agora vivo em Portugal, asim como Venezuela recebeu os portugueses de braços abertos há alguns anos. Amo de onde venho, amo o que sou. Tenho orgulho da minha família, meu povo e meu país, apesar da difícil situação que estamos enfrentando. Lembre-se de que racismo e xenofobia são apenas uma falta de educação. É mesmo uma grande ignorancia. Eu tenho certeza que os boms são mais… Vocês me demostram sempre que a verdadeira essencia do português é amável, afectivo e grande querido para os estrangeiros. OBRIGADA sempre aos portugueses que recebem-me de braços abertos e que são tam queridos para mim❤ obrigada por as oportunidades que ofrecem- me… estou mesmo grata com vocês.

A post shared by Angelica Del Mar OficialBB2020 (@ange_delmar) on

PUBLICIDADE

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING