Segue-nos

Mundo

Canadiano desaparecido desde 2012 foi encontrado com vida no Brasil

PUBLICIDADE

Publicado

em

Canadiano desaparecido desde 2012 foi encontrado com vida no Brasil

Chama-se Anton Pilipa, tem 39 anos, e nasceu em Toronto, no Canadá. Estava desaparecido desde 2012, e foi encontrado, cinco anos depois, no Brasil. Já regressou a casa com a família, e mostra-nos que a esperança é, de facto, a última a morrer.

Anton tinha começado um tratamento para a esquizofrenia, quando desapareceu sem deixar rasto. Saiu de casa sem levar roupa nem documentos.

PUBLICIDADE

O irmão, Stefan Pilipa, contou à CBC que acha que Anton fez parte do caminho, até ao Brasil, a pé. Algumas vezes descalço, outras vezes a apanhar boleia de camiões.

“Estou feliz, mas surpreendido por ele estar vivo, e ter aguentado até aqui”.

Em Novembro do ano passado, um polícia da brigada de trânsito encontrou Anton numa autoestrada do estado brasileiro de Rondonia. Ele, que não sabe falar português, apenas conseguiu dizer que se chamava Anton. Foi levado para um hospital, em Porto Velho, mas fugiu antes de as autoridades o identificarem.

PUBLICIDADE

Quando perceberam que Anton era oriundo do Canadá, contactaram a embaixada. Deram o nome de Anton e descreveram-no fisicamente , juntamente com uma foto que tinham tirado. A embaixada confirmou que se tratava de Anton, desaparecido desde 2012.

Em 2011, ele começou um tratamento para sua doença mental, mas nesse mesmo ano, ele esteve envolvido num incidente que resultou numa acusação de agressão e ofensas.

E apesar de sua viagem incrível, ele ainda terá que responder a estas acusações.

PUBLICIDADE

A família soube em dezembro que Anton Pilipa tinha sido encontrado no Brasil, mas que voltou a fugir. Foi novamente encontrado em Janeiro em Manaus.

Canadiano desaparecido desde 2012 foi encontrado com vida no Brasil

Como o regresso a casa era caro, porque era preciso pagar as despesas de saúde no Brasil, os serviços da embaixada, ou os bilhetes de avião, a família decidiu criar uma página no GoFundMe e conseguiu angariar o dinheiro suficiente para cobrir todas as despesas.

À BBC Brasil, Anton explicou que tinha tirado comida e roupas dos caixotes do lixo, e dormiu na rua. Confessou ainda que estava “agradecido”, e reconheceu que “tinha sorte em estar vivo”.

Fonte: Tvi24

PUBLICIDADE

Apaixonado por rádio, notícias e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web...

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

COMENTÁRIOS

TRENDING

v