Segue-nos
PUBLICIDADE

Animais

Cadela labrador castanha deu à luz um cachorrinho “verde”

PUBLICIDADE

Publicado

em

Reprodução: DailyMail

O dono desta cadela não teve dúvidas quando pensou em dar nome a um cachorro que a sua cadela labrador deu à luz: Shrek foi a inspiração escolhida, e na verdade não podia ter outro nome.

PUBLICIDADE

A mãe de dois anos, Milly, teve quatro meninos, e uma menina na primeira ninhada. Mas o género não foi a única característica que diferenciou a filhota dos seus irmãos, porque ela não saiu castanha como os outros, mas sim verde.

O verde que tingiu o pelo da cadelinha é uma substância chamada biliverdin, que pode ser encontrada na placenta.

Segundo conta o Daily Mail, esta é uma condição rara. Elaine e o marido Mark apelidaram a cadela de Fifi. Elaine disse: “Ela saiu do saco, então pensámos que era a placenta que a fez parecer muito escura. Nós pensávamos que ela era um labrador preto.”

“Mas quando Milly começou a lamber a placenta, ela realmente tinha um tom verde. Nós estávamos a rir e dizendo não, isto não pode ser verde. Todos os outros são dourados, e este é verde. Tem a ver com a placenta, por isso é um fenómeno, muito raro em cães.”

PUBLICIDADE

“Ficámos um pouco chocados, depois rimos e pensamos:” Oh, meu Deus, está tudo bem “. Os cães podem ficar verdes por causa de um pigmento da bílis, verde, chamado Biliverdin, que é encontrado na placenta dos cães.

Em ocasiões muito raras, a substância pode manchar a pelagem do cachorro, quando se mistura com o líquido amniótico da mãe. É mais visível em raças de cores claras, como Labradores, é inofensivo, e desaparece após algumas semanas.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING