Segue-nos
PUBLICIDADE

Animais

A cadela estava estranha, os donos foram atrás e encontraram menina de 3 anos num riacho

PUBLICIDADE

Publicado

em

Em Abril de 2016, uma cadela faminta e assustada, que dava pelo nome de Petunia, chegou ao abrigo, Delta Animal Shelter, em Escanaba no Michigan.

PUBLICIDADE

Petunia já havia passado por muito. Esta pobre cadela tinha duas pernas partidas, e algumas costelas, e o mais invulgar é que tinha bocados de carpete no seu estômago.

Os seus donos anteriores provavelmente não fizeram um bom trabalho com a sua alimentação. Felizmente as coisas ficaram muito melhores para esta cadela. Ela foi adoptada por uma família muito carinhosa, que lhe deu o nome de Peanut.

Numa manhã de Março deste ano, Peanut começou a agir de uma forma muito estranha, a sua “mãe” não a conseguia ajudar, mas reparou que a cadela corria de uma forma desenfreada pela casa e ladrava de uma forma furiosa sem razão aparente.

PUBLICIDADE

Peanut correu depois na direcção da garagem à procura do seu “pai“. Também ele reparou que a cadela estava a agir de uma forma estranha e queria desesperadamente ir lá para fora.

Assim, ele deixou-a sair e resolveu segui-la à medida que ela corria em direcção ao campo que ficava por detrás da casa.

O dono de Peanut viu-se em frente a um riacho onde se encontrava uma menina de 3 anos. Ela estava sozinha, enrolada e nua.

PUBLICIDADE

Os donos enviaram esta mensagem ao abrigo, que depois a publicou no Facebook:

“ Querido Abrigo,
Eu tenho que partilhar a história fantástica sobre o como a nossa pequena Peanut tem sido maravilhosa. Ela realmente tem sido uma bênção para a nossa família, e nós amamos tê-la connosco. Como sabem o seu passado foi muito difícil, e nós ficamos muito felizes por lhe puder dar o nosso amor, e a família que ela merece.

No entanto eu acho que ela ainda tem um sexto sentido sobre a sua vida passada, que ainda hoje ela trás consigo.

Hoje a Peanut foi a responsável por salvar a vida de uma menina de 3 anos. Por volta das 11hoo desta manhã, a Peanut começou a agir de uma forma muito estranha. Corria pela casa, subia e descia escadas e ladrava muito. Ela depois foi ter com o meu marido, que estava na garagem a trabalhar e alertou para algo que se passava lá fora. Ele diz que a via correr de uma lado para o outro mas não estava a entender o que se passava. Ele depois deixou-a sair, e ela correu a toda a velocidade para um campo que fica por detrás da nossa casa. O meu marido seguiu-a e para sua surpresa descobriu uma menina de 3 anos, nua, enrolada numa bola e a tremer de frio. Ele agarrou-a, enrolou-a na sua camisa e trouxe-a para dentro de nossa casa. O meu marido ligou para o 112 e contou o que se tinha passado. Quando a ambulância e a polícia chegaram, a menina só conseguia dizer uma coisa: “cãozinho”.

PUBLICIDADE

Graças á Peanut, hoje a vida de uma menina foi salva. Ela tem sido uma bênção para nós e para outros. Não há palavras que descrevam a gratidão que sentimos por tê-la nas nossas vidas e o quanto ela é fantástica. Ela agora faz parte da nossa família, e graças a pessoas fantásticas, como vocês e o vosso abrigo, ela está viva.”

O casal levou a menina para o hospital, e a polícia descobriu que os seus pais viviam ali perto. O departamento de Policia descreveu: «sem condições de vida na sua residência.» A menina e outra criança encontrada em casa, foram colocadas sobre a protecção dos serviços Sociais.

As autoridades desconhecem a forma como a menina acabou naquele local. As investigações ainda estão a decorrer.

Uma coisa é certa, se não fosse uma cadela, também ela resgatada, de nome Peanut, esta menina poderia não estar viva hoje.

PUBLICIDADE

Talvez esta tenha sido a forma que Peanut encontrou para retribuir o bem que lhe foi feito, já que também ela passou por uma experiência traumática e teve uma segunda oportunidade.

Os cães são realmente criaturas fantásticas.

Por favor partilha esta história incrível com os teus amigos no Facebook.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING