Segue-nos

Animais

Cadela doce foi novamente devolvida ao abrigo que a acolheu em bebé

Aconteceu-lhe 4 vezes, e agora está à procura de uma casa onde possa, finalmente, ser feliz…

Publicado

em

Quando Sadie deixou o abrigo, em 2014, ninguém pensou que voltaria. Mas, no mês passado, voltou ao abrigo que a acolheu, ainda em bebe, quando a família que a tinha adotado a entregou… Pouco tempo depois, encontrou, de novo, uma casa, foi adotada e ‘devolvida’ de novo!

Mas, infelizmente, este não foi o fim da história… Uma semana depois, foi, de novo, adotada, acabando por regressar mais uma vez.

Sadie tinha poucos meses quando ao Harris County Animal Shelter, no Texas. A equipa de resgate tirou
fotografias à pequena Sadie e, rapidamente, encontrou-lhe um lar que a acolhesse. Não era, contudo, a família de que Sadie precisava…

Ashley Roberts, voluntária no abrigo, estava no local quando a primeira família a levou, de novo, ao abrigo.

“A Sadie estava uma bola… Honestamente, pensava tratar-se de um cão vadio que aquela família tinha encontrado. Ela nem parecia, sequer, confortável com aquela família”, refere Ashley em declarações ao site The Dodo.

“Eles referiram qualquer coisa relacionada com o furacão Harvey e depois referiram: ‘Pensámos que íamos ficar com ela…’ Mas não me pareciam nada arrependidos de a estarem a ‘devolver’ ao abrigo”, refere Ashley.

Quando um membro da equipa verificou o microchip de Sadie e toda a sua informação, surgiu a imagem de Sadie ainda em bebé.

“O membro em questão quase se desfez em lágrimas. Não conseguiu trabalhar, quando viu a sua imagem original e o cão que estava à sua frente. Percebeu que se tratava da mesma cadela e que estava a regressar ao abrigo. E era uma diferença abismal da imagem de cachorro confiante que nos tinha deixado e aquela que
tínhamos à nossa frente! Ele quase se desfez em lágrimas, eu comecei mesmo a chorar!”, confessa Ashley.

Na semana seguinte, uma família dirigiu-se ao abrigo com o intuito de adotar Sadie. No início, todos ficaram entusiasmados, julgando que a falta de sorte de Sadie tinha terminado… Mas, uma semana mais tarde, essa família regressou ao abrigo, com Sadie outra vez!

“Eu não estava lá, deste segunda vez, mas o que esta segunda família referiu que ela estava sempre a ter acidentes em casa… O que nós achamos que, de facto, aconteceu foi que ela estava tão nervosa que acabou por urinar no chão por causa dos nervos”, explica Ashley.

Depois disto, os membros da equipa de resgate divulgaram um post no Facebook com a sua história, na esperança de que Sadie encontrasse rapidamente um lar e uma nova – e permanente! – família. Dentro de pouco tempo, uma mulher entrou em contacto com o abrigo, oferecendo-se para acolher Sadie, com o objetivo de a adotar.

“Nós tentamos fazer adoção e aconselhamento, para que possamos dar às pessoas e aos animais melhores hipóteses de adoções bem sucedidas. A Sadie não precisa de estar junto a outros cães no espaço de, pelo menos, uma semana. É necessário dar-lhe algum espaço, para ela acalmar. Ela já passou por tanto!”, refere Ashley.

Por alguma razão, segundo Ashey, a mulher não ouviu esse aconselhamento…

“Ela parecia bem intencionada e nós ensámos que iria funcionar. E, então, ela levou a Sadie para casa e disse-nos ‘Ela está ótima, está a adaptar-se lindamente’… E, entretanto, disse à irmã: ‘Traz o tua cadela cá para casa!’ E ela atacou a Sadie!”, explica Ashley.

Quando a Sadie regressou, pela quarta vez, ao abrigo, tinha o pescoço cheio de dentadas….

“Esta cadela tem tido um azar que não há explicação! Nunca vi uma cadela que tivesse regressado tantas vezes como esta.

Paa ajudar Sadie de uma forma definitiva, a equipa de resgate organizou a ida para uma casa abrigo, através da organização Down South Rescue, uma organização com bastante experiência em animais abandonados que trabalha essencialmente a nível comportamental, tentado, ao mesmo tempo, arranjar um lar para os animais com quem opera.

“A Sadie é uma cadela com muita experiência, infelizmente, em abandono. Ainda temos muito trabaho pela frente… Ela continua muito assustada e não confia nas pessoas. Contudo, ficou muito ligada à pessoa que está a cuidar dela. Vai demorar ainda algum tempo, até que fique sã, fisica e psicologicamente. E nós vamos ser, desta vez, muito exigentes em relação à pessoa ou à família que a irá adotar”, refere Sharon Fanning, diretora da organização, em declarações ao site The Dodo.

Sadie não vai estar, de imediato, disponível para adoção. Assim que estiver bem, a esperança de Ashley Roberts é a de que Sadie encontre, finalmente, a melhor família possível!

“Ela era tão doce quando estava connosco no abrigo, não acredito que exista nada nela que seja maldoso… A única coisa que queremos é que Sadie encontre o lar que merece, onde possa ser amada e onde lhe possam dar o tempo para que a sua energia seja restabelecida”, finaliza Ashley.

Partilha esta história com os teus amigos!

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING