Segue-nos

Animais

Cadela caiu ao mar, e o dono pensou que tinha morrido, até receber uma chamada 5 semanas depois

Publicado

em

Esta adorável cadela, chamada Luna, estava perdida no mar e ninguém sabia nada dela, há 5 semanas… A cadela estava, presumidamente, morta e o seu dono devastado.

A cadela terá caido do barco de pesca, nas águas do sul da Califórnia, sem que o dono se tenha apercebido mas – felizmente! – a Marinha conseguiu – quase como que por milagre! – resgatá-la e trazê-la, de novo, para os braços do seu dono.

Nick Haworth é pescador profissional e ficou em estado de choque, sem querendo acreditar, quando recebeu uma chamada da Marinha a referir que tinham resgatado a sua cadela, Luna, uma adorável pastora alemã com pouco mais de um ano!

Os dois reuniam-se, então, com um abraço forte! A cauda de Luna não parava e, mal viu o dono, saltou-lhe, de imediato, para o colo!

Passadas duas angustiantes semanas, os dois puderam estar, de novo, juntos, algo que Nick nunca pensou ser possível…

Em declarações à estação NBC 7, imediatamente a seguir ao encontro, Nick referiu: “Ela cheira a peixe! [risos] Nem acredito que esta cadela está viva! Nunca pensei que a fosse ver outra vez. Estou tão contente de a ter de novo em casa…”

Nick não se recordo, em pormenor, do momento em que Luna desapareceu. Lembra-se, apenas, de apanhar algumas redes de peixe do mar junto com a sua tripulação e, quando deu por isso, a Luna já tinha desaparecido…

“Foi um dia difícil… Lembro-me que eram 3h da manhã e que procurei em todo, sem a conseguir encontrar! Comecei a entrar em pânico, confesso!”, explica, em declarações à NBC 7.

Nick de tudo fez para conseguir encontrar a sua fiel companheira. Contactou, de imediato, a Marinha, a divisão de San Clemente Island, para os notificar que a sua cadela tinha caído do barco, e passou os dois dias seguintes no mar à procura dela… A Marinha iniciou, igualmente, um período de buscas.

“Demos início a uma operação de buscas completa, com luzes e tudo o que podíamos… Estava tão escuro! Não a conseguimos encontrar até à noite se pôr… Pensámos mesmo que a cadela tinha morrido. Ou que tinha chegado até à ilha”, refere Nick.

“Depois desisti, confesso. Fiquei tão triste que desisti… Ela andava sempre atrás de mim, sempre que estávamos no barco… Tinha de me certificar de que ela não estava mesmo ali, no barco. Eu estava mesmo de coração partido! Não sabia se estava viva ou morta, não sabia o que pensar. Foi difícil passar do facto de a ter na minha para, de repente, não a ter!”, acrescenta.

Durante as cinco semanas, Nick nunca se esquecer de Luna e trazia sempre os binóculos, quando se aproximada da água, para poder espreitar…

Cinco semanas mais tarde, um membro da Marinha viu a Luna na estrada. Nick tinha razão, afinal! Luna tinha conseguido chegar até à ilha pelos seus próprios meios, nadando mais de 6 milhas. Apesar de malnutrida, Luna estava bem de saúde. Foi aí que a Marinha fez, então, o telefonema que Nick já não pensava receber…

“Eu estava incrédulo, ao início! Depois, tive de ver uma fotografia dela, para ter a certeza que era mesmo a minha cadela. Quando percebi que era mesmo a Luna, fiquei extasiado, radiante…!

Provavelmente, foi o dia mais feliz da minha vida! Não sou um homem de muitas emoções, mas isto, realmente fez emocionar-me muito… Levou-me às lágrimas! É algo maravilhoso, ter a minha cadela de volta”, confessa Nick.

Os oficiais da Marinha adiantaram, entretanto, que a cadela quase ‘voou’ em direção ao dono, atirando-se para o seu colo!

“É tão bom ter a minha melhor amiga de volta!”, finaliza o pescador.

Vê o vídeo da união dos dois melhores amigos e partilha!

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING