Segue-nos

Vida

Bullies atiram mochila de estudante surdo para o WC. O caso está a indignar a comunidade

“Hoje foi o meu filho – amanhã será o de outra pessoa”, disse a mãe de Alex.

Publicado

em

Alex Hernandez um estudante de Omaha, no Nebraska, é surdo desde dos dois anos de idade. Devido às suas cicatrizes, causadas pelos implantes e cirurgia, ele sofreu de bulling durante toda a sua vida. No entanto, um incidente traumático na Burke High School deixou toda a comunidade indignada.

Hernandez divulgou que a sua mochila, com o seu tablet, trabalhos de casa, bateria do implante auditivo, dinheiro e material escolar tinha desaparecido. Quando os professores visualizaram as imagens de segurança descobriram que dois adolescentes tinham roubado e atirado a mochila para a casa de banho.

“Os alunos pensam que é correcto intimidar um aluno surdo, mas não é. Não é correcto intimidar alguém que é incapacitado, surdo, com ou sem deficiência”, disse Hernandez.

A imagem da sua mochila no wc rapidamente se tornou viral, e algo surpreendente aconteceu. Havia mais pessoas, de todo o mundo, tanto deficientes auditivos, como sem problemas auditivos, que mostraram o seu apoio a Hernandez. Eles até criaram uma página no GoFundMe, para lhe dar novos artigos escolares.

“Eu queria agradecer a todos os meus amigos e aqueles que me escreveram para me apoiar. Estou muito feliz. Isto fez -me sentir que não estou sozinho “, diz Hernandez. “Eles disseram que estavam aqui para me apoiar e que sabem como é a sensação de ser surdo. Então, eu estou muito feliz. ”

No entanto, Hernandez e a sua mãe tomaram uma decisão difícil. Eles decidiram que era melhor que Hernandez fosse transferido para a Ralston High School. O aluno não se sente seguro na sua antiga escola.

“Eu tenho amigos que ouvem mal e que andam nesta nova escola, e dizem que é muito bom. Eles têm muito apoio e não sofrem de bulling “, disse Hernandez sobre a sua nova escola.

A escola está a investigar a situação, mas Hernandez e a sua mãe acreditam que partilhar a sua história é a única maneira de impedir que isto aconteça com outra pessoa.

“Hoje foi o meu filho – amanhã será o de outra pessoa”, disse a mãe de Alex.

Fica o vídeo com a reportagem de uma televisão local:

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING