Segue-nos

Big Brother

Big Brother: ‘Pipoca Mais Doce’ analisa os novos concorrentes: “Entramos em modo centro de emprego…”

A ‘Pipoca Mais Doce’ voltou a comentar o ‘Big Brother’, nas suas redes sociais…

Publicado

em

Por

Big Brother: ‘Pipoca Mais Doce’ analisa os novos concorrentes: “Entramos em modo centro de emprego…”
Reproduções | Instagram

Estreou ontem, dia 23 de abril, o ‘Big Brother – Desafio Final’, que reúne ex-concorrentes de várias edições do reality-show.

Depois de se ter afastado do formato na edição anterior, ‘Pipoca Mais Doce’ está de volta e analisou, nas redes sociais, o novo leque de jogadores.

Sobre a entrada de Leandro, a influencer escreveu: “O Leandro está de volta ao BB para mostrar que a leggin masculina não caiu em desuso. Tu és mais tu, migo!” – e admitiu ainda que preferia ter visto Kelly Baron entrar, ao invés de Pedro Guedes: “Preferia a Kelly. O mano Guedes vai passar os dias a fazer surf, levantar pesos, andar de skate (…)”.

Ana Barbosa e Bruna Gomes ‘mexeram’ com a audição de ‘Pipoca Mais Doce’, que atirou: “Três minutos na casa e já perdi 78% da audição” e “Não acompanhei a última edição. A Bruna gritava assim tanto?”.

A ex-comentadora parece ter ficado agradada com a entrada de Débora Neves mas ainda assim, assumiu: “Pedir à Débora para ser chata é como pedir a um alcoólico para beber mais um copinho de tinto” – e rematou a ‘análise’ mordaz com Francisco Macau: “Agora entramos em modo centro de emprego”.

Veja aqui:

Big Brother: ‘Pipoca Mais Doce’ analisa os novos concorrentes: “Entramos em modo centro de emprego…” Big Brother: ‘Pipoca Mais Doce’ analisa os novos concorrentes: “Entramos em modo centro de emprego…” Big Brother: ‘Pipoca Mais Doce’ analisa os novos concorrentes: “Entramos em modo centro de emprego…” Big Brother: ‘Pipoca Mais Doce’ analisa os novos concorrentes: “Entramos em modo centro de emprego…”  Big Brother: ‘Pipoca Mais Doce’ analisa os novos concorrentes: “Entramos em modo centro de emprego…” Big Brother: ‘Pipoca Mais Doce’ analisa os novos concorrentes: “Entramos em modo centro de emprego…”

COMENTÁRIOS

TRENDING