Segue-nos
PUBLICIDADE

Big Brother

Big Brother: Iury defende Anuska e ‘atira-se’ a Joana Diniz: “Insinuou, provocou e seduziu…”

PUBLICIDADE

Iury Mellany, irmã de Anuska, reagiu nas redes sociais e considerou que Hélder não é o único culpado da polémica que se gerou na última gala…

Publicado

em

Por

No seguimento do polémico confronto de Anuska com Hélder e Joana Diniz, que gerou fortes críticas principalmente ao comportamento parcial dos apresentadores, Iury Mellany recorreu às stories de Instagram para defender a irmã e, ao mesmo tempo, acusar Joana Diniz.

PUBLICIDADE

Se duas pessoas estão a começar a construir algo, deve comeqar primeiramente pela amizade, que é a base de tudo! E se existe, ou existia, uma aproximação especial que era notável e até alvo de brincadeira por parte de todos os concorrentes na casa como é que é possivel tanta falta de consideração? Por isso quem falta ao respeito é o homem que tinha a ligação sim! Mas não é o único! Não vamos desculpar todos os envolvidos e culpar apenas o óbvio! Não vamos cancelar apenas o óbvio e fechar os olhos aos outros intervenientes! Ele é 100% culpado sim! Mas repito.. não é o único! Porque respeito é universal e deve ser para todos os lados“, começou por escrever.

Agora defenderem-se e protegerem-se usando a desculpa que não eram namorados? Não eram assumidos? Então? Para pessoas tão liberais afirmam agora que é preciso um rótulo para haver empatia e respeito? Aonde está o bom senso, os valores e o carácter??? Só se houver um rótulo é que o respeito é vélido? Então? Mesmo quando todos se aperceberam da ligação entre os dois?? Há mais pessoas que não estiveram bem nesta história e que estão a tentar escapar ilesas! Inclusive há mulheres que são desconhecedoras do conceito de sororidade! Um mundo perfeito era um mundo onde houvesse união e que cada mulher ajudasse a compor a coroa da outra.. porque somos todas rainhas. Somos poderosas e juntas empoderamos nos ainda mais umas as outras“, acrescenta.

Uma mulher que se apercebe que existe algo entre duas pessoas e se insinua, provocando e seduzindo, mesmo que em forma de brincadeira, claramente não é um exemplo desse conceito! Há tantas formas de brincar.. porque essa? Só conhece essa? Aonde estava a consideração pelo que existia ou estava a ser construído? Obviamente cada pessoa faz o que quer com o seu proprio corpo! Meu corpo minhas regras! Cada pessoa é livre de fazer o que quer e tomar as atitudes que bem Ihe apetecer! Até ai é óbvio! Mas também não vamos usar isso como desculpa para desrespeito! Já que uma coisa também é certa, como diz um velho ditado popular “0 meu direito acaba aonde comeqa o do outro”. Por isso faço o que quero sim, desde que não desrespeite nem pise em ninguém. Até porque ninguém precisa de pisar, magoar, rebaixar, gozar, humilhar e ainda rir às gargalhadas por cima, para ser feliz!“, conclui.

Veja a publicação aqui.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING