Segue-nos

Animais

Avô escreve carta emotiva a quem envenenou o cão da neta

O caso está a emocionar as redes sociais em Espanha…

Publicado

em

O caso está a emocionar as redes sociais em Espanha. Um homem de Aznalcóllar escreveu uma carta dirigida àqueles que deixam iscas com veneno. Um deles terminou com a vida de Nuka, a cadelinha da sua neta.

A menina, com 11 anos de idade, perdeu a cadela numa série de envenenamentos que tem ocorrido naquela zona. O seu avô, Francisco Caballero, revoltado com a situação escreveu o seguinte:

“Chamo-me Francisco Mateos Caballero, tenho 73 anos, e sou o avô de Celia, a menina cujo cachorro envenenaste. Atingiste o teu objetivo: tirar a vida a um cachorro, pobre animal. Mas eu não vou descrever isso, mas o dano colateral que causaste.

Não és mais do que um cobarde, uma pessoa má, que se esconde para fazer mal aos animais e às pessoas que gostam deles. Por último, peço-te um favor: antes de fazeres algo assim, pensa nos danos que vais causar…”.

A companheira de Celia, Nuka, foi morta por um pedaço de chouriço carregado com aldicarbe, um potente pesticida que não é apenas um perigo para os animais, mas também para as pessoas e especialmente para as crianças.

Consciente do poder de disseminação das redes sociais ,Francisco Mateos pediu à sua filha que tornasse pública a sua carta dirigida a quem estava por trás dessas intoxicações, para que pelo menos o remorso as detivesse.

Em poucas horas, a carta teve centenas de reações, muitas dos moradores desta pequena cidade de 6.000 habitantes.

Animais

Camionista salva dois cães beagle atirados pela janela de um carro

Publicado

em

Os dois cães foram resgatados por um motorista de camião, que disse ter visto os cachorros a serem atirados pela janela do passageiro traseiro de um carro, numa movimentada estrada no estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Os dois cães foram resgatados por um motorista de camião no dia 12 de dezembro, depois de os ter visto a serem atirados de um veículo em Binghamtom, Nova Iorque.

A polícia parou para ajudar o motorista depois de vê-lo a carregar um dos cães, que estava gravemente ferido.

Os cães, agora chamados de Trooper e Adam, foram tratados pelos polícias no local, sendo depois levados para um centro animal.

Agora, já sob os cuidados da Sociedade Humanitária do Condado de Broome, os responsáveis revelaram que ambos os cães estão a recuperar bem.

Um deles, chamado Trooper, teve que ser amputado de uma das pernas, mas está também a recuperar da cirurgia de forma favorável.

No Facebook, a organização publicou este video, onde dá conta de que “graças à solidariedade que o caso gerou, já têm recursos suficientes para cobrir as despesas com o tratamento do cão”, e que o excedente será aplicado no tratamento de outros animais.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS

TRENDING