Segue-nos

Famosos

Avicii: família confirma suicídio e carta de despedida

Publicado

em

A família de Tim Bergling, a super-estrela da música electrónica, mais conhecido como Avicii, que morreu no dia 20 de abril aos 28 anos, divulgou um segundo comunicado, três dias depois do primeiro.

Não está claro o que a mensagem da família significa, embora implique que, de facto, que o sueco cometeu suicídio.

Numa declaração divulgada hoje pela família é revelado ainda que o DJ deixou uma carta de despedida.

Comunicado da família:

“O nosso amado Tim era um sonhador, uma frágil alma artística em busca de respostas para questões existenciais.

Um perfeccionista que viajou e trabalhou duro, num ritmo que levou ao stresse extremo.

Quando parou de fazer a sua tour, ele queria encontrar um equilíbrio na vida, para ser feliz e ser capaz de fazer o que ele mais amava – a música.

Ele lutou com pensamentos sobre o significado da vida, e da felicidade. Ele não podia continuar mais assim. Ele queria encontrar a paz.

Tim não foi feito para a máquina de negócios em que se encontrava. Ele era um jovem sensível, que amava os seus fãs, mas evitava os holofotes.”

Avicii foi encontrado sem vida no dia 20 de abril em Oman, onde se encontrava de férias. A causa da morte não era conhecida até agora.

De recordar que, num documentário sobre a sua vida, Avicii já havia confessado que podia morrer caso não fizesse uma pausa na carreira.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING