Segue-nos

Animais

Austrália proíbe criação de cães e gatos para venda em lojas

Publicado

em

A Austrália está a proibir em todo o país a proibição da reprodução de cães e gatos para fins comerciais, tentando acabar com as “fábricas” de animais domésticos.

O estado de Victoria aprovou a lei que proíbe a criação de animais de estimação para comercialização. A medida entra em vigor em julho e significa, na prática, que além do fim da reprodução para fins comerciais, também será proibida a venda de animais em feiras, parques, sites, clínicas veterinárias ou qualquer outro estabelecimento comercial.

A criação da lei foi inspirada na história de Oscar, um cão adotado pela ativista Debra Tranter, que o resgatou em péssimas condições, físicas e psicológicas, devido ao período em que passou nas mãos de quem o queria vender.

pixabay

Debra fundou a Oscar’s Law, uma organização sem fins lucrativos dedicada a abolir as “fábricas” de animais domésticos na Austrália.

“A proibição vai destruir este modelo de negócio, e ajudar a acabar com a crueldade animal”, disse Debra no site da ONG.

A medida é a primeira do tipo na Austrália, e prevê campanhas de incentivo aos meios de adoção responsável.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING