Segue-nos
PUBLICIDADE

Big Brother

Arrepiante! Fábio do “Big Brother” desaba em lágrimas ao relatar acidente: “Ainda hoje tenho pesadelos…”

PUBLICIDADE

“Foi este o acontecimento que mudou a minha vida inteira”, disse Fábio após partilhar um testemunho “arrepiante” na casa do Big Brother…

Publicado

em

Fábio Faísca/Instagram

Na tarde desta terça-feira, dia 23 de novembro, o Big Brother desafiou os concorrentes para, à vez, partilharem com o grupo momentos da sua vida que os transformaram para sempre e que os fizeram ser a pessoa que são hoje.

PUBLICIDADE

Quando chegou a sua altura de partilhar o testemunho, Fábio começou por relatar a ligação especial que tem com cães: “Tinha uma cadela, era a Becky, sempre tive cães. Como sempre tive habituado a cadelas, decidi adotar uma. Era a minha filhota, dormia comigo na cama, fazia tudo. Fui eu que a eduquei, fui eu que a tratei como uma filha“.

Além de partilhar a importância dos cães na sua vida, o concorrente de Alfragide contou um momento duro e que acabou por, inevitavelmente, transformar a sua vida: “Um dia estava no meu carro, o meu amigo ao lado e a cadela atrás, estávamos numa estrada, tinha chovido e aquela seiva das árvores ia com um bocado de velocidade a mais, o carro capotou, quem viu por fora disse que a maior sorte da nossa vida foi aquele dia porque o carro não simplesmente capotou, andou às voltas no ar e so parou passado uns metros no poste. Quando bate no poste, bate atrás de mim. Se batesse em mim, eu não estava ca hoje. Bateu literalmente não chegou a um metro atrás de mim na porta de trás“.

Ainda hoje tenho pesadelos com isso“, desabafou Fábio que, além de detalhar a destruição do carro, confidenciou que está a falar sobre este tema pela primeira vez: “Os meus pais não sabem, ninguém sabe, estou-me a expôr aqui, ainda não consegui ultrapassar isto, tento evitar sempre, digo sempre que ultrapassei mas não consigo ultrapassar“.

“Não me consigo perdoar”

Em lágrimas e visivelmente transtornado, Fábio prosseguiu a descrição: “Não fiquei com um arranhão, fiquei com umas mazelas, e vejo o meu amigo com a cara toda cheia de sangue, eu ainda sonho com isso, nao vou dizer o nome dele, o meu amigo abriu a cabeça, o carro capotou, conseguimos escapar, ele encostou-se à árvore, ainda sonho com ele a olhar para mim com a cara cheia de sangue, não sei se foi egoísmo ou sobrevivência, não me consigo perdoar por causa disso mas não me lembrei da minha cadela, não me lembrei que ela vinha atrás, esqueci-me completamente porque estava tão preocupado com o meu amigo e aquilo foi um choque tão grande que não me consegui lembrar da minha cadela“.

PUBLICIDADE

Preocupado, o concorrente explica que aproximou-se do carro e que não viu a cadela. Felizmente, veio a encontrar Becky mais tarde: “Encontrei-a com as pernas de trás completamente esticadas, viva mas a tremer muito. Peguei-lhe ao colo, ela estava viva“. Apesar disso, as hipóteses de sobrevivência não foram muitas: “O veterinário dizia que era impossível porque lhe tinha afetado a coluna e nem com cadeira de rodas“.

“Acho que foi a pior fase da minha vida”

Ao terminar de relatar o episódio “arrepiante” que viveu, Fábio assumiu sentir-se culpado pelo trágico acidente e pelas consequências que daí resultaram: “Andei duas/três semanas a calmantes, acho que foi a pior fase da minha vida, senti-me culpado porque podia também ter matado o meu colega, quem merecia era eu, porque eu é que exagerei na velocidade e tive o acidente. Ao fim de três semanas, parei de tomar calmantes“.

Antes de finalizar e de ser acarinhado por todos os colegas, num momento pautado por muita comoção, Fábio deixou uma mensagem: “Não precisam de ir com pressa para lado nenhum enquanto estão a conduzir, vivam a vida com tranquilidade e a pessoa que eu sou hoje, uma coisa que eu mudei muito a partir deste dia é que tudo aquilo que eu quiser dizer e fazer na altura, todas as situações que me apetecer falar e dizer não vou guardar e falar para mim porque não sei como é o dia de amanhã. Foi este o acontecimento que me marcou mais e que mudou a minha vida inteira

Licenciado em Comunicação e Media e Mestre em Jornalismo e Comunicação, escrevo sobre televisão, reality shows, famosos e entretenimento...

COMENTÁRIOS

TRENDING