Segue-nos

Famosos

Após frase ‘polémica’, Jessica Athayde é alvo de críticas: “Há aqui uma série de insultos a uma série de pessoas…”

“Eu adorava ter uma filha agora estou na esperança de ter uma bicha…”, disse, divertida.

Publicado

em

Jessica Athayde/Instagram

Na passada segunda-feira, 18 de Fevereiro, Jessica Athayde foi uma das convidadas de Herman José no programa da RTP “Cá por Casa”.

A atriz falou, obviamente, da sua gravidez e até revelou, em exclusivo, o nome que está a pensar dar ao filho.

Ora, esta quinta-feira, 21 de Fevereiro, Jessica Athayde recorreu ao seu Insta Stories para partilhar uma foto ao lado do apresentador:

“Se há sitio para ter sentido de humor será com certeza no programa do Herman”, começou por escrever.

Sem qualquer explicação, a futura mamã deixou depois uma sugestão ao programa da SIC “Passadeira Vermelha”:

“«Passadeira Vermelha» não sei bem o que andaram a dizer mas o melhor que podem fazer é ver arrastadeira vermelha que está brilhante. Fazia-vos bem largar tanta fofoquisse parva.”

O que é certo é que a referida partilha veio no seguimento da onda de críticas que recebeu no programa em questão.

Em causa está a frase: “Eu adorava ter uma filha, agora estou na esperança de ter uma bicha…”, dita no programa de Herman, que Cláudio Ramos, Maria Botelho Moniz e Joana Latino fizeram questão de comentar em direto.

A jornalista foi a primeira a considerar:

“É uma frase imbuída de erros, na minha perspectiva de visão do mundo, porque comparar uma menina a uma bicha ou uma bicha a uma menina contém aqui uma série de preconceitos que eu achava que a Jessica Athayde não tinha”, começou, acrescentando: “(…) Há aqui uma série de insultos a uma série de pessoas que não fazem muito sentido em alguém que depois vem defender coisas que são ditas contra pessoas que ela defende (…). É preciso ser coerente”, frisou.

Já Cláudio Ramos afirmou que o discurso de Jessica “vai mudar o tom que tem tido durante a gravidez quando o bebé nascer” e garantiu:

“Acho que qualquer pessoa que saiba o que é ter um filho homossexual ou o que passa pela vida um homem ou uma mulher um homossexual jamais deseja que o filho seja homossexual. (…) Eu não desejo que a minha filha seja homossexual porque eu sei o que é ser homossexual, (…) existe preconceito.”

Podes ver as opiniões na íntegra aqui.

Tenho 21 anos e sou formada em Comunicação. Apaixonada pelos media, acabei o curso e comecei a escrever aqui logo de seguida... Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING