Segue-nos

Famosos

Após críticas, Moita Flores escreve ‘carta aberta’ a Cristiano Ronaldo: “Agradeço-te porque me comoves…”

PUBLICIDADE

A publicação de Francisco Moita Flores está a ser amplamente elogiada…

Publicado

em

Por

Após críticas, Moita Flores escreve ‘carta aberta’ a Cristiano Ronaldo: “Agradeço-te porque me comoves…”
Reproducao | Redes Sociais

Cristiano Ronaldo tem estado ‘debaixo de fogo’ nas últimas semanas. O capitão da seleção nacional “rompeu” com o Manchester United numa entrevista explosiva que culminou no fim do contrato com o clube inglês, atingiu 500 milhões de seguidores pouco depois, e tem estado “em cheque” nas últimas horas depois do jogo contra a Coreia do Sul.

Francisco Moita Flores “pegou na caneta” e escreveu uma carta aberta ao internacional português, onde sublinha o orgulho que o capitão mostra ao vestir a camisola da equipa das quinas, e confessa o quanto admira o craque.

PUBLICIDADE

“Decidi escrever-te porque, não sendo um fã desesperado de futebol, devo-te um pouco da minha autoestima, que se alimenta do meu trabalho e daquilo que recebo do mundo que me cerca. Agradeço-te porque me comoves. Olho as ruas do Qatar, os seus estádios, e tremulam bandeiras do nosso País nas mãos de gente que nem sabe onde fica Portugal mas sabem o teu nome em português”, começa por escrever.

“Amam-te com o desespero de quem ama a pátria do futebol e, por tua causa, essa pátria é a nossa Pátria. Comovo-me por saber que és o único homem do Mundo que tem mais de 500 milhões de seguidores. Sabendo que somos dez milhões de portugueses, que 200 milhões falam português, havemos de reconhecer que somos pequenos em relação aos teus feitos e à grandeza da tua obra, enquanto futebolista”, pode ler-se ainda.

Mais à frente no texto, Francisco Moita Flores confessa ainda: “Como escreveu o poeta António Botto és o ‘arquiteto do sonho e da ilusão’ que ousou tocar o céu quando saltas até às nuvens. Agrada-me saber que para milhões de putos de todo o planeta, Cristiano é sinónimo de vitória”, pode ler-se.

PUBLICIDADE

“E que Cristiano é português, coisa que não saberão bem o que é, mas que é uma terra verde e vermelha porque assim te vestes para entrar em campo. Talvez muitos aprendam contigo que a glória assenta no profissionalismo seja qual for a profissão que escolham. E será verde e vermelha. Da cor do nosso coração lusitano, porque é assim que reconhecem Portugal através do teu nome e da tua obra“, remata.

Veja aqui:

COMENTÁRIOS

TRENDING

v