Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Após críticas de Júlio César, Cuca Roseta deixa mensagem sobre ódio: “É um veneno que mata…”

PUBLICIDADE

Cuca Roseta deixou uma mensagem nas redes sociais sobre o ódio. Terá sido esta uma “resposta” às críticas de Júlio César?

Publicado

em

Cuca Roseta/Instagram

Cuca Roseta tem feito algumas presenças em vários hospitais do país no âmbito do projeto “Canções com Esperança” e tem emocionado os espectadores com os seus concertos.

PUBLICIDADE

Ora veja.

Quem parece não ter gostado da iniciativa da fadista foi o ator Júlio César que, na sua conta de Facebook, fez questão de se manifestar.

O artista partilhou uma foto de Cuca Roseta e na legenda começou por escrever, contextualizando a digressão da cantora:

“É uma digressão hospitalar de Cuca Roseta “dedicada aos profissionais de saúde” que têm mais que fazer do que ouvir fados, cantados p’la Cuca e acompanhados à “sirene” e à viola”, começou por escrever.

PUBLICIDADE

De seguida, teceu fortes críticas à fadista, falando até num “aproveitamento” por parte desta:

“Fui alertado por uma amiga, enfermeira, para o aproveitamento que certa gente faz para se promover nas televisões à custa de profissionais que, esgotados, lá têm de fazer o frete de as/os ouvir. Ainda se soubessem dar injeções (?!) … sempre podiam ajudar e ser úteis nalguma coisa. Agora com covifados, não”, considerou.

PUBLICIDADE

Perante o post do ator, Cuca Roseta não reagiu diretamente no entanto partilhou, na sua conta de Instagram, uma foto com uma frase sobre o ódio:

“O ódio é um veneno que mata acima de tudo a pessoa que o sente”, escreveu.

Terá sido esta a “resposta” da fadista às críticas de Júlio César?

Ora veja:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Cuca Roseta (@cucaroseta)

PUBLICIDADE

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING