Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Após ‘caso’ Sónia Tavares, novo relato sobre “tratamento” do “Rock in Rio” a jornalistas: “Nem um copo de água…”

O caso de Sónia Tavares, que está a dar muito que falar, está a dar origem a novos relatos…

Publicado

em

Por

Após ‘caso’ Sónia Tavares, novo relato sobre “tratamento” do “Rock in Rio” a jornalistas: “Nem um copo de água…”
Reprodução | Redes Sociais

Sónia Tavares recorreu às redes sociais na noite deste domingo, 16 de junho, para denunciar a “expulsão” de que foi alvo da “área VIP” do “Rock In Rio” enquanto trabalhava para a SIC Mulher e SIC Caras, estações de televisão que faziam a cobertura do evento.

“Fui expulsa assim desta maneira, tratada à cão. Ainda bem que eu era a Sónia, porque eu faço ideia se não fosse como é que essa pessoa seria tratada. Então a pessoa é ali mandada com um chuto no cu…”, afirmou a cantora que relatou que que o caso se prendeu com o facto de ter estado a “comer salada russa e a beber uma imperial” quando não estava “habilitada” para o efeito sendo alertada para tal por um segurança e, pouco depois, acabando por ser expulsa do local.

Os comentários à publicação da artista, que já atuou várias vezes no RIR, acabou por colher centenas de comentários. Num dos relatos que é possível ler na publicação, a jornalista Raquel Costa revela: “Isto acontece com os jornalistas desde 2010. Nem um copo de água podemos beber”, pode ler-se. Mais à frente na “conversa” entre seguidores, Raquel Costa aponta ainda: “A partir do momento em que o rock in rio começou a ter sucesso em Portugal começou a tratar mal os jornalistas. Já é assim há muitos anos“, completou.

A Magg, que escreveu sobre o tema, explica ainda como funciona o acesso à “zona vip” de jornalistas, equipas técnicas e staff: “A interdição de acesso a comida e bebida na zona VIP do festival a pessoas que não sejam convidadas da organização é um critério que foi instituído há mais de uma década“, pode ler-se.

“O controlo dos consumos nesta zona do Rock in Rio é feito por seguranças e por elementos da organização, que são instruídos para admoestar ou mesmo expulsar quem, não tendo pulseira de convidado, toque numa bandeja com bebidas ou comida”, refere ainda a publicação. Leia mais aqui.

Após ‘caso’ Sónia Tavares, novo relato sobre “tratamento” do “Rock in Rio” a jornalistas: “Nem um copo de água…”

TRENDING