Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

António Raminhos revoltado com medidas contra a Covid-19: “Tapa-se a cabeça, destapam-se os pés”

PUBLICIDADE

António Raminhos mostrou-se incrédulo com a notícia que viu, que dá conta de que já foi pedido a alunos que levem mantas para a escola…

Publicado

em

António Raminhos/Instagram

Nos últimos dias, muitos têm sido os pais a mostrar a sua revolta perante as medidas contra a Covid-19 nas escolas, uma vez que, com a vaga de frio que se faz sentir em Portugal, as regras continuam a ser para deixar portas e janelas abertas.

PUBLICIDADE

Wanda Stuart já manifestou a sua indignação, bem como Bruno Nogueira.

No entanto, também o humorista António Raminhos decidiu pronunciar-se. Esta sexta-feira, 8 de janeiro, na sua conta de Instagram, partilhou uma notícia que dá conta de que alguns alunos foram aconselhados a levar mantas para a escola.

“Está boa… não vão para o hospital com covid vão com pneumonia, que por acaso e de acordo com a Organização Mundial da Saúde, é a principal causa de mortalidade nas crianças em todo o mundo. É como fechar um país à uma da tarde o que tem deixado à pinha os hipermercados. Tapa-se a cabeça, destapam-se os pés”, começou por escrever.

De seguida, salientou que deveria existir uma maior empatia entre todos e deixou algumas “soluções” para as pessoas:

PUBLICIDADE

“Não há qualquer noção de bom senso, de equilíbrio, de pensar no outro. Funciona-se como uma multinacional em que o que importa é apresentar números e soluções gastando o menos que possível. Se o Governo não pensa nos outros, pensemos nós… procurem o comércio local que tem menos gente… têm filhos? Perguntem-lhes se têm colegas que precisam de mantas ou gorros. Porque há. E usemos a revolta para fazer mais uns pelos outros”, escreveu na sua conta de Instagram.

Veja aqui:

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING