Segue-nos

Famosos

António Raminhos faz desabafo nas redes sociais: “é nestas alturas que mais se liga às pessoas que dizem que não prestamos”

Em digressão pelo país com o espectáculo ” O melhor do pior” Raminhos confessa que tem dias que se sente inseguro…

Publicado

em

António Raminhos / instagram

O humorista António Raminhos está a preparar um espectáculo, e parece que os nervos e a ansiedade estão a tomar conta do actor.

Em digressão pelo país com o espectáculo “O melhor do pior”, Raminhos usou as redes sociais para um desabafo num momento de maior ansiedade:

“O não querer desiludir os outros é a maior enfermidade de grande parte de nós, seja qual for a área profissional ou pessoal. É uma doença da qual ainda não me livrei. Às vezes estou melhor outras pior. Agora estou pior. Fico sempre assim quando aceito o desafio de salas grandes como Coliseu…”

O humorista reflecte sobre a autoconfiança que por vezes desaparece, e de como os comentários negativos a que está sujeito e que fazem parte do seu trabalho têm um peso acrescido em alturas como a que está a viver:

“Sei que este espectáculo é melhor do que As Marias, porque toda a gente me diz, sei que gosto de o fazer, mas isso não impede de me sentir uma merda ou que não sou capaz. E as comparações? É o pior de tudo! Tenho inveja de quem se consegue abstrair. E é nestas alturas que mais se liga às pessoas que dizem que não prestamos, somos fracos, não temos piada. Zumbem nos ouvidos como melgas à noite…”

 

Ver esta publicação no Instagram

 

O não querer desiludir os outros é a maior enfermidade de grande parte de nós, seja qual for a área profissional ou pessoal. É uma doença da qual ainda não me livrei. Às vezes estou melhor outras pior. Agora estou pior. Fico sempre assim quando aceito o desafio de salas grandes como Coliseu ou Arena de Évora, como vou fazer em Novembro. Sei que este espetáculo é melhor do que As Marias, porque toda a gente me diz, sei que gosto de o fazer, mas isso não impede de me sentir uma merda ou que não sou capaz. E as comparações? É o pior de tudo! Tenho inveja de quem se consegue abstrair. E é nestas alturas que mais se liga às pessoas que dizem que não prestamos, somos fracos, não temos piada. Zumbem nos ouvidos como melgas à noite… e todas, ou quase todas, nunca sequer me viram ao vivo. É assim, sempre foi, mas não é isso que me impede de fazer as coisas, por muito que me apeteça desistir! Vêm os desafios e eu aceito apesar deste sofrimento e medo de incompetência. Faltam agora os hashtags Deus no Comando. Ele até pode estar no comando, mas se eu largar o volante bate na mesma. Obrigado sincero a quem está desse lado e um abraço de solidariedade a quem navega no mesmo barco.

Uma publicação partilhada por António Raminhos (@raminhoseffect) a

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING