Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

António Raminhos anuncia novo livro: “É um relato muito pessoal, verdadeiro…”

PUBLICIDADE

O humorista escreveu um post intimista a anunciar o novo livro e o tema do mesmo…Ora veja….

Publicado

em

Por

António Raminhos/ Instagram

António Raminhos já falou várias vezes nas suas redes sociais que sofre de ansiedade e que tem uma perturbação obsessiva-compulsiva.

PUBLICIDADE

O humorista fez já um espetáculo em torno desse assunto: “o Sentido das Coisas… e isso”, que, segundo Raminhos foi: “O espetáculo que mais me custou fazer até hoje, por abordar temas muito pessoais em torno dos meus medos. De tal modo que tive ataques de pânico a meio de espetáculos, quis desistir durante muitos, tive insónias, palpitações…”, explicou, afirmando ainda que “nem sei quando vou voltar aos palcos sozinho.”

António Raminhos anunciou esta segunda feira, nove de abril, que vai lançar um livro “Vai nascer algo ainda maior que já está em marcha.”, sobre a problemática da ansiedade e do seu transtorno “Estou a escrever aquilo que será um livro sobre todas as minhas vivências em torno da ansiedade e da Perturbação Obsessiva-Compulsiva.”.

O humorista explica o conteúdo do livro “Os meus medos desde pequeno, os episódios mais difíceis, a relação com a minha família, com a Catarina e, sobretudo, com a minha cabeça. É um relato muito pessoal, verdadeiro e que não é uma lição para ninguém (só para mim). “.

O principal objetivo de Raminhos é normalizar a doença e servir de ‘exemplo’: “Quero antes que seja aquilo que eu próprio senti falta no meu crescimento. Alguém com quem me identificasse, que me “normalizasse” e que, de algum modo, ajudasse a perceber que não estava sozinho, que não é o fim, que pode deixar de ser um fardo.”, acrescentou.

PUBLICIDADE

O humorista terminou o post dizendo que “Tive já episódios de ansiedade a escrever o livro: “não prestas”, “não consegues”, “ninguém vai comprar” “desiste”! É doloroso ir a alguns sítios que não queremos voltar. Há palavras que ainda nem consegui escrever, porque é como se lhes estivesse a dar força.”, pode ler-se.

Veja aqui a publicação.

COMENTÁRIOS

TRENDING