Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Ângelo Rodrigues assume injeções em casa: “Sendo um amador, não o deveria ter feito…”

PUBLICIDADE

Ângelo Rodrigues revelou finalmente a causa da infeção grave que o deixou entre a vida e a morte, há cerca de um ano…

Publicado

em

Ângelo Rodrigues/Instagram

A SIC exibiu na noite deste domingo, dia 13 de setembro, o documentário “Ângelo Rodrigues- Toda a história”.

PUBLICIDADE

O ator esteve internado, há um ano, devido a uma infeção grave na perna, que o deixou entre a vida e a morte, e agora foi mostrada e contada toda a verdade dos factos, num trabalho desenvolvido por uma equipa da SIC, que acompanhou o ator na sua recuperação.

No mesmo, Ângelo Rodrigues, juntamente com toda a equipa médica, lembra o que aconteceu e toda a sua estadia no Hospital Garcia de Orta e também no Hospital das Forças Armadas.

O artista, de 33 anos, revelou então o que aconteceu anteriormente e que foi o “motor” para toda a situação. Revelou que estava a morar no Rio de Janeiro quando decidiu iniciar um tratamento hormonal para o ajudar em termos de saúde:

“Eu sentia uma angústia existencial (…) senti que precisava de ajuda, até que houve um dia que emocionalmente desabei”, começou por dizer. “Podia ter procurado a psicanálise, a psiquiatria, mas procurei a endocrinologia e foi aí que me falaram do tratamento da reposição hormonal, havia a possibilidade de eu ter um desequilibrio hormonal e que poderia ser visto de uma forma profissional, então procurei uma clínica, fiz testes ao sangue e isso acabou por confirmar o que eu já pensava que era de facto uma descompensação no meu sistema endócrino”.

PUBLICIDADE

Ângelo Rodrigues contou que iniciou então o devido tratamento, que lhe foi apresentado como uma “coisa normal e comum de se fazer”, admitindo que o realizou exclusivamente por questões de saúde:

“Fiz as primeiras aplicações na clínica (…) eram tratamentos intra musculares, uma injeção intra muscular”, revelou.

PUBLICIDADE

Na altura, recebeu uma proposta de trabalho em Portugal e, uma vez que queria continuar o tratamento, decidiu fazer uma proposta ao profissional que o estava a acompanhar:

“Eu não tenho intenções de desculpar os meus próprios erros, eu tenho noção do que fiz (…) pedi ao profissional se poderia continuar o tratamento em Portugal, ele acedeu, foi esta decisão de querer continuar este trabalho em casa que acabou por ser o princípio do fim, portanto, um mau manuseamento do material que eu fiz em casa foi o que acabou por escalar vertiginosamente na minha condição fisica”.

“Não o deveria ter feito, não sendo profissional, e sendo um amador, foi de uma ignorância atroz…”

Ângelo Rodrigues deu a conhecer que devido ao mau uso do produto, começou a sentir um inchaço na perna, que se traduziu em muitas dores e sintomas gripais e foi aí que começou toda esta luta.

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING