Animais

Acorrentado há 4 anos, e quase a morrer, o amor transformou este cão

Ele chama-se Tom, e viveu os primeiros quatro anos da sua vida acorrentado a uma árvore, no Alabama, Estados Unidos.

Os responsáveis pelo cão não lhe davam água e comida em quantidade suficiente. Os donos impiedosos não queriam saber da saúde do animal, nem que tinha problemas que iam dos vermes à sarna, ou do simples fato de Tom estar muito abaixo do peso normal, pesando menos de 18 Kg quando foi resgatado.

Felizmente o Grupo de Protecção Animal ouviu falar do Tom, e levaram-no a um evento, no Minnesota, que promove a adopção destes animais, e onde Tom conheceu aquele que seria o seu novo dono.

«Ele chamou logo a minha atenção, porque era o único cão, no meio de uma dúzia, que não ladrava, abanava a cauda ou saltava de um lado para o outro,» diz o novo dono de Tom.

Quando o seu novo dono o levou para casa, ele ficou sentado na entrada durante dois minutos.

«Eu receei que ele não tivesse força para subir os degraus, mas eventualmente de forma lenta lá conseguiu subir, e entrar na sua nova casa.»

Tom foi levado ao veterinário, que disse que Tom tinha os dentes partidos, e que precisava de se submeter a um tratamento para dirofilariose “vermes do coração“.

Felizmente o futuro de Tom é brilhante, actualmente pesa perto de 72 Kg, e é um cão muito feliz…

COMENTÁRIOS

To Top