Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

‘A Pipoca Mais Doce’ acusada de copiar Salvador Martinha

PUBLICIDADE

Fãs do humorista estão revoltados com Ana Garcia Martins…

Publicado

em

A Pipoca Mais Doce / Instagram

Ana Garcia Martins, conhecida do grande público como ‘A Pipoca Mais Doce‘, anunciou na noite desta terça-feira o seu novo projeto profissional. Depois de ter feito sucesso ao participar em vários espetáculos de humor, a influencer vai agora percorrer o país com um espectáculo solo de stand-up comedy.

PUBLICIDADE

Até aqui, tudo bem. O problema é o nome escolhido para o espectáculo: ‘Sou Menina P’ra Isto’.

A causar revolta está o facto de Ana Garcia Martins ter optado por um nome muito semelhante – para não dizer quase igual – ao de uma recente websérie de Salvador Martinha, intitulada ‘Sou Menino Para Ir’.

O humorista reagiu com uma publicação partilhada na sua página de Instagram onde se mostrava indignado com a alegada “falta de originalidade” de ‘Pipoca Mais Doce’. A publicação foi entretanto eliminada das redes sociais.

Quanto a Ana Garcia Martins, faz a promoção do espectáculo no seu Instagram e não se livrou de várias manifestações de desagrado por parte de diversos admiradores de salvador M artinha.

PUBLICIDADE

“Que originalidade. Quatro letras que (não) fazem a diferença”, começou por apontar uma seguidora. “Ganda rip off do nome do programa do Salvador”, “O Salvador Martinha também é menino para ir” ou “O Salvador Martinha também vai?”, são algumas das mensagens que mais se repetem na publicação onde ‘Pipoca Mais Doce’ anuncia o espetáculo.

Dedica-te às purpurinas que em nomes de espetáculos falta-te alguma originalidade”, escreve um outro fã de Salvador Martinha.

Está, pois, instalada a polémica.

PUBLICIDADE

Sou jornalista desde sempre, diria. Comecei na rádio, no tempo em que ‘explodiram’ as rádios locais. Mais tarde, o ‘bichinho’ do jornalismo regressou e eu voltei, desta vez para as revistas. Trabalhei 11 anos na Media Capital, na revista Lux. Gosto de artistas: actores, actrizes, cantores, gente da televisão… E gosto de escrever sobre eles, de conhecer o seu outro lado. Sou jornalista de formação, tenho a Carteira de Jornalista desde 1993 e isto é o que faço e farei. Para o resto da vida. Provavelmente.

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING