Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

A homenagear Sara Carreira, médico emociona-se em direto: “Isto é muito forte…”

PUBLICIDADE

Viriato Ferreira, médico, emocionou-se no “Casa Feliz” e deixou os presentes em lágrimas com o seu discurso. Ora veja!

Publicado

em

SIC/Site

Esta segunda-feira, 7 de dezembro, e uma vez que Sara Carreira, filha de Tony Carreira, perdeu a vida no passado sábado, nos programas de day time da televisão portuguesa, foram prestadas várias homenagens à cantora.

PUBLICIDADE

No programa “Casa Feliz”, por exemplo, Diana Chaves e João dedicaram algumas palavras emotivas no início da emissão e não só.

Veja aqui.

Foram assim convidados para a primeira parte do programa de hoje Catarina Graça, psicóloga, e Viriato Ferreira, médico, para falarem do luto e da dor da perda.

A dada altura, ambos visionaram o momento em que Tony Carreira cantou com a filha, no Altice Arena, quando esta tinha apenas 14 anos e, após as imagens, ambos em estúdio ficaram bastante emocionados, um deles João Baião, que acabou por ficar com a voz embargada no seu discurso:

PUBLICIDADE

“A letra desta canção…é uma coisa…foi feita há tanto tempo e parece…”, disse, com as lágrimas nos olhos.

Foi então que, confrontado para falar do mediatismo da família Carreira e de como este tem efeitos menos positivos em episódios como a morte, Viriato Ferreira acabou por se emocionar:

“Isto é muito forte…eu não sei se vou conseguir dizer o que quero dizer… mas”, começou por referir o médico, visivelmente incomodado.

PUBLICIDADE

O médico partilhou então que, a nível pessoal, está a atravessar uma fase complicada e delicada:

“Em termos familiares, nós estamos a passar por uma situação difícil com a doença da minha mulher, é uma doença grave e temos muitos amigos e eu não tinha percebido… o valor destes amigos no nosso próprio sofrimento… a minha mulher foi operada, fez quimioterapia…e os amigos começaram a contactar-me nas redes sociais… que eu não ligava…e aquilo começou a dar-me conforto”, contou.

Viriato Ferreira pegou então no seu exemplo para reforçar a ideia de que a família Carreira vai receber muito amor neste período de tempo mas não vai ter “tempo emocional” para dar retorno:

“Eu não tinha tempo para responder…é importante os amigos pensarem que estão a ajudar mas que não esperem muita coisa de volta porque não há tempo emocional… nestes momentos de sofrimento o Tony e todos eles não vão ter tempo…”, afirmou, emocionado.

O médico reforçou que há uma necessidade de silêncio neste fase tão prematura mas não no sentido literal: “É um silêncio mas é um silêncio a receber…não é de isolamento…é isto que podemos dar a esta família e a todas que estão a passar por situações difíceis (…) dar este amor sem esperar o retorno”.

PUBLICIDADE

Veja aqui.

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Casa Feliz (@casafeliz)

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING