Segue-nos
PUBLICIDADE

Lifestyle

5 hotéis com programas dedicados ao Pokémon Go em Portugal, e não só

PUBLICIDADE

Dada a dimensão do fenómeno, em Portugal e no resto do mundo, rapidamente muitos hotéis aderiram à tendência..

Publicado

em

Casa do Outeiro

Quando o Pokémon Red e Blue saíram para o mercado, há 20 anos atrás, foram um sucesso instantâneo. Duas décadas depois, os pokémons estão no meio da rua, em parques, restaurantes, e sim… também estão nos hotéis! O jogo hoje segue a mesma receita de sucesso mas leva-o um passo à frente, transformando os utilizadores em verdadeiros mestres Pokémon, à procura de novas criaturas para capturar.

PUBLICIDADE

A premissa básica do Pokémon Go é explorar e captar pokémons com o telemóvel.

Utilizando a posição GPS são apresentados, em realidade aumentada, os pokémons mais perto de si.

Dada a dimensão do fenómeno, em Portugal e no resto do mundo, rapidamente muitos hotéis aderiram à tendência e abriram as suas portas para os jogadores explorarem o espaço e encontrarem novos pokémons! Ao fazê-lo permitem que mais pessoas conheçam o seu espaço, bar, piscina ou restaurante.

Casa Do Outeiro, Marco de Canaveses

????????????????????????????????????

Casa do Outeiro, Marco de Canveses

A Casa do Outeiro, em Tuías, tem uma longa história – as suas raízes remontam ao século XVII. Apesar de nas redondezas existirem vestígios arqueológicos que datam da Idade Média, são os pokémons que têm roubado todas as atenções.
Tanto no exterior, como nos corredores ou mesmo nos quartos do hotel… os pokémons estão por todo o lado e tornam a estadia neste hotel ainda mais única e divertida! Aqui há duas pokéstops (uma a 500 metros e outra a 700), assim como um ginásio a apenas 500 metros.

Hotel do Parque, Braga

hotel-parque-braga

PUBLICIDADE

Localizado no Parque Natural do Bom Jesus, o Hotel do Parque é um hotel de 4 estrelas, totalmente recuperado a partir de um antigo edifício do século XVIII.

No total, o Parque do Bom Jesus dispõe de 13 pokéstops e é, por isso, o local ideal para encontrar os melhores pokémons e, ao mesmo tempo, usufruir de uma estadia tranquila no meio da natureza.

Pestana Porto Vintage, Porto

porto-pestana-quarto

PUBLICIDADE

O Pestana Porto Vintage, localizado mesmo em frente ao rio Douro e com vista para as adegas de Gaia e a Ponte Dom Luís, vai recebê-lo envolto num ambiente contemporâneo, luxuoso e sofisticado.

Mas não só… vai recebê-lo também com um “Pokémon Go Concierge“, um serviço inédito no mundo!
Aqui os mestres têm a ajuda do Pokémon Go Concierge para os guiar na descoberta dos pokémons – indicando aos hóspedes onde estão os pokémons (dentro e nas proximidades do hotel), para uma caçada mais eficaz.

Casa d’Alagoa, Faro

CasaAlagoa quarto

A “Casa d’Alagoa” é um hostel, localizado no centro de Faro, a cerca de 15 minutos de carro da praia. Dispõe de 40 quartos (alguns com varanda privativa), cozinha totalmente equipada, bem como terraço para banhos de sol e churrascos.

No entanto, por estes dias, não são estas comodidades que têm saltado mais à vista no hostel, mas sim os pokémons que invadiram o estabelecimento!
Esqueça as longas caminhadas para encontrar o próximo pokémon… Mesmo à frente do hostel há uma pokéstop e é possível ter acesso a ela a partir da casa.

PUBLICIDADE

Real Parque, Lisboa

real-parque-lisboa-quarto

O Real Parque, em Lisboa, é um hotel de 4 estrelas, inaugurado em 1994. Perto da Praça do Marquês de Pombal e do Parque Eduardo VII, o hotel goza de uma excelente localização para conhecer a capital.

Contudo, se o que está há procura são pokémons, saiba que há uma pokéstop muito perto (na Rua Latino Coelho), onde poderá recolher pokéballs e apanhar mais pokémons! No final, e para recuperar energias, poderá passar no Real Cantinho, o café do hotel, e provar os seus famosos pastéis de nata.

A tendência no estrangeiro

O Mantra Group, maior operador turístico australiano, que faz a gestão de mais de 19,500 quartos, lançou recentemente os primeiros hotéis amigos do Pokémon Go, em Sydney e Melbourne.

PUBLICIDADE

Nos dois hotéis há incentivos para capturar o máximo de pokémons. Por exemplo, no Mantra 2 Bond Street há batatas fritas grátis na compra de uma bebida no bar. Além disso, os hotéis têm umapokéstop, o que significa, por exemplo, que os jogadores podem ganhar poções para curar os seus pokémons.

Vários hotéis dispõem ainda de ginásios – os chamados Pokémon Go’s gyms -, onde os vários mestres se defrontam numa arena.

O Villa Royale, em Paris, o St Pancras Renaissance London, em Londres, ou o Sorrento, em Seattle, são apenas alguns dos exemplos.

Fonte: Trivago

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING