Desporto

Cristiano Ronaldo ganha prémio de melhor jogador do mundo da FIFA

Depois de ter vencido a Bola de Ouro da France Football, Cristiano Ronaldo ganhou hoje o prémio FIFA para o melhor jogador do mundo, em Zurique na Suiça. Leonel Messi, também nomeado, faltou à cerimónia.

Depois de um ano de sonho, em que reforçou ainda mais o seu estatuto, e juntou ao palmarés o título que lhe faltava na seleção portuguesa: o Euro 2016.

Este ano Ronaldo assegurou pela quarta época consecutiva o título de melhor marcador da Liga dos Campeões. Na final, frente ao Atlético de Madrid, converteu com sucesso a sua grande penalidade no desempate que deu aos “merengues” a décima primeira Taça dos Clubes Campeões Europeus. Terminou a temporada com mais de 50 golos em todas as competições, pela sexta época consecutiva.

Quanto a troféus coletivos, o melhor estava guardado para o verão: a participação do capitão da seleção portuguesa no Campeonato da Europa não começou bem, com jogos em branco nos empates com Islândia e Áustria. No empate a três bolas com a Hungria apontou um golo de calcanhar e uma assistência, ajudando a equipa a seguir para a fase a eliminar com três empates.

Ciclistas ajudam vaca a dar à luz...

Ronaldo acabou por ser determinante no caminho até à final, em particular nas “meias-finais”. Contra a Croácia, nos oitavos, fez o remate que o guarda-redes adversário defendeu para a recarga de Ricardo Quaresma. Não marcou diante da Polónia, mas frente ao País de Gales marcou o golo inicial e assistiu Nani para o segundo.

Na Final veio a lesão. Mas Ronaldo “entrou em campo” como adjunto improvisado de Fernando Santos no banco de suplentes. Portugal venceu, e Cristiano Ronaldo conquistou o título pela selecção que lhe faltava na carreira.

To Top